Oferta!

TESTE GENÉTICO DE INTOLERÂNCIA À LACTOSE

Descrição: A intolerância à lactose ocorre quando há a diminuição da capacidade do corpo humano em digerir a lactose, um açúcar encontrado no leite e outros produtos lácteos.

 

Importante: A quantidade e qualidade do material coletado são essenciais para a obtenção de resultados conclusivos para o seu teste. Por isso, siga à risca as instruções de coleta.

R$189,26

3x de R$63,09

EAN: 7900000002789 SKU: 7900000002789 Categoria:

Teste genético não invasivo. Não é necessário biópsia ou ingestão de lactose. Basta coletar células da mucosa bucal com um swab (cotonete). O teste genético analisa os polimorfismos rs4988235 e rs182549 do gene MCM6, detectando a presença da mutação quando o indivíduo é tolerante à lactose, ou a ausência da mutação quando é intolerante à lactose. Indivíduos com intolerância à lactose, ao consumirem produtos lácteos contendo lactose, podem sentir dor abdominal, inchaço, flatulência, náusea e diarreia. Por isso, é importante saber se existe ou não a presença dessas duas mutações.

Teste por Autocoleta: Colete no conforto de sua casa. Todo o processo é feito online. Você recebe o kit no endereço cadastrado em nosso site e se autocoleta, seguindo as instruções detalhadas da coleta no nosso kit. Depois disso, é só colocar as amostras dentro do saco de transporte que acompanha o kit e enviar para o laboratório processar o exame. Você terá acesso ao resultado do exame via nosso site, através do comprovante do cliente que vem dentro da Caixinha da GeneBrasil. Simples e fácil.

Praticidade e acessibilidade: O resultado fica pronto em até 8 dias do recebimento da amostra em nossa área técnica. O laudo é disponibilizado em nosso site e o acesso ao resultado é por meio de um login e senha enviados junto com o kit de autocoleta. Todo o processo é online e você pode pagar com PIX, boleto ou parcelar no seu cartão de crédito. Prático e acessível.

A intolerância à lactose ocorre quando há a diminuição da capacidade do corpo humano em digerir a lactose, um açúcar encontrado no leite e em outros produtos lácteos. A lactose é normalmente "quebrada" por uma enzima chamada lactase, que é produzida pelas células da mucosa do intestino delgado. Os testes convencionais são invasivos e envolvem biópsia ou ingestão de lactose, causando grande desconforto aos pacientes. No teste genético de intolerância à lactose, o exame é não invasivo. Utilizando a metodologia PCR (reação em cadeia da polimerase), os resultados analisam os polimorfismos rs4988235 e rs182549, localizados na região intrônica do gene MCM6, relacionados à intolerância à lactose. Como é esperado que, com o tempo, ao mudar os hábitos alimentares após o período de amamentação, ocorra a inativação natural dessa enzima lactase pelo produto do gene MCM6, a condição de intolerância ao leite é considerada padrão nos indivíduos (normal), uma vez que o ser humano foi "programado" para deixar de digerir a lactose após os primeiros anos de vida. Assim, ao confirmar a presença dos genótipos C/C e G/G nos respectivos polimorfismos, o indivíduo é considerado intolerante, ou seja, sem a mutação benéfica. Quando são identificadas mutações no gene MCM6, fazendo com que este não seja capaz de inativar a enzima lactase, ocorre a tolerância do indivíduo para a digestão da lactose. Nesse caso, as variações genéticas que ocorrem no gene MCM6 são benéficas e conferem ao indivíduo com alelos mutados a vantagem de continuar digerindo bem o leite e seus derivados após o período de amamentação. Deste modo, no laudo irá confirmar a presença dos genótipos T/T ou C/T e G/A ou A/A, ou seja, há mutação nos polimorfismos, causando a tolerância do indivíduo para a digestão da enzima lactase.

Importante: A quantidade e qualidade do material coletado são essenciais para a obtenção de resultados conclusivos para o seu teste. Por isso, siga à risca as instruções de coleta.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “TESTE GENÉTICO DE INTOLERÂNCIA À LACTOSE”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *